Categoria: Filhos do Catalão

Filhos do Catalão

Ordem DeMolay – Capítulo Cavaleiros de Atenas de Catalão

A Ordem DeMolay é uma sociedade discreta de princípios filosóficos, fraternais, iniciáticos e filantrópicos, para jovens do sexo masculino com idade compreendida entre os 12 e os 21 anos. É uma organização para-maçônica fundada nos Estados Unidos, em 24 de Março de 1919, pelo maçom Frank Sherman Land patrocinada e mantida pela Maçonaria. A Ordem é inspirada na vida e morte do nobre francês Jacques DeMolay, 23º e último Grão-Mestre da Ordem dos Templários, morto em 18 de março de 1314 junto a três de seus preceptores por contestar as falsas acusações de prática de diversas heresias como infidelidade à Igreja, sodomia, adoração de ídolos, etc. Pode-se acreditar que o motivo de tais acusações fosse a ambição do Rei Filipe IV, o Belo e o Papa Clemente V, pelas...

Filhos do Catalão

Dra. Fernanda Ribeiro participa da 35ª Jornada Carioca de Cirurgia Plástica

A catalana, dra. Fernanda Ribeiro participou da 35ª Jornada Carioca de Cirurgia Plástica, realizada entre 31 de Agosto a 03 de Setembro de 2016, no hotel Sofitel, no Rio de Janeiro. Na foto, dra. Fernanda está ao lado de Sherrell J. Aston, grande cirurgião plástico americano, o qual apresentou suas técnicas cirúrgicas ao vivo.   BLOG DA MAYSA ABRÃO TEM COMO APOIO CULTURAL:

Filhos do Catalão

Catalão 157 anos – “João Netto de Campos por Deise Pasquarelli”

Pioneiros não morrem. A raiz que João Netto de Campos lançou em terras catalanas sobrevive - nos filhos, sobrinhos, parentes e nettos naturais. Sobrevive também naqueles nascidos do sangue político que corre nas veias. Da admiração pela história daquele que a escreveu e atuou com bravura, deixando memórias e conquistas como herança, comum aos vencedores. (Deise Pasquarelli)  “Povo meu, gente minha”... Autodidata, Fazendeiro e Agropecuarista,  filho de  Mário de Cerqueira Netto (Inhozico) e Juvenília de Campos Netto, casou-se com Maria Isabel de Mendonça Netto, com quem constituiu família –  Mário Mendonça Netto (Deputado Estadual, 1955-1959, in memorian), Yedda, Álvaro (in memorian) e Marly. Iniciou a vida política aos 35 anos. Foi Prefeito Municipal de Catalão (PSB -  1948-1950); Deputado Estadual...

Filhos do Catalão

Maria das Dores Campos: professora, memorialista e narradora de muitas histórias… (Cairo Mohamad Ibrahim Katrib)

Maria das Dores Campos ou dona Mariazinha, nasceu em 22 de março de 1911 em Catalão, na região sudeste do estado de Goiás. Filha de família tradicional foi uma das primeiras normalistas a se formar no curso ofertado pelo Colégio Nossa Senhora Mãe de Deus, em 1928. No ano seguinte começou a lecionar em escolas locais exercendo a profissão por mais de 70 anos. A sua dedicação ao magistério é de se destacar, inclusive ocupou vários cargos municipais e estaduais no campo educacional. Foi coordenadora, supervisora, diretora, inspetora de ensino na cidade, dentre outros. Durante sua trajetória docente dedicou-se também a recontar a história do município, escrevendo diversos livros dentre os quais destaco: Catalão: Estudo Histórico...

Filhos do Catalão

Nos dias 9 e 10 de julho de 2016 a médica Cirurgiã Geral e Residente de Cirurgia Plástica, Dra. Fernanda Ribeiro, estará atendendo no Edifício Felicidade

Nos dias 9 e 10 de julho de 2016 a médica Cirurgiã Geral e Residente de Cirurgia Plástica pela Policlínica Geral do Rio de Janeiro, Dra. Fernanda Ribeiro, estará atendendo no Edifício Felicidade, com os tratamentos de Botox, Preenchimento, Peelings Químicos, Escleroterapia (varizes), Hiperidrose (tratamento clínico com botox). Dra Fernanda Ribeiro, participou em julho/2016 do Implant In Rio, na cidade do Rio de Janeiro, congresso destinado aos Cirurgiões Plásticos e Residentes da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. O tema abordado foi às diversas modalidades cirúrgicas de Implantes de Silicone em mulheres e homens também que estão mais exigentes com a aparência.   BLOG DA MAYSA ABRÃO TEM COMO APOIO CULTURAL:

Filhos do Catalão

Morrinho de São João por Higor Gomes Pires Bueno

Hoje, visitei o Morrinho de São João, lugar que guarda histórias e mistérios. Lá de cima observei uma cidade adulta e pulsante, mas, sem dúvidas, a tranquilidade do velho morro não foi abalada pelos sons da cidade que o cerca. Admirei a bela restauração, li as sábias palavras entalhadas sobre a sepultura de nosso grande poeta Ricardo Paranhos, já na igrejinha lembrei da primeira vez que lá estive. Senti falta de uma lembrança ao homem que, de bom grado, doou esse patrimônio a nós: Sr. Jocelyn Gomes Pires. Mas logo pensei que não é uma placa que faz um homem e sim suas ações, e meu tataravô sabe que sua nobre ação transformou a vida e eternizou lembranças dos catalanos. (

Filhos do Catalão

CATALÃO – CIDADE MÁGICA por Sandra Fayad

- Que lugar é este? - indaga meu companheiro de viagem. - Pires Belo. Mais trinta e sete quilômetros e estaremos em Catalão – respondo. A resposta tem entonação alterada. A voz sai meio cinzenta de um ponto mais profundo da garganta, atravessa um caminho - ladeado por ansiedade, alegria e saudade de um tempo distante que volta sempre - e chega aos lábios, abafada. As sensações têm nomes de pessoas e lugares e me transportam para um espaço único, exclusivo. Assim como os pássaros cruzam a estrada, estou também cruzando a minha história, do sempre para a eternidade. Tudo - e ao mesmo tempo nada - é igual. Quero silêncio. Preciso respirar fundo, porque as lágrimas estão ameaçando cair e não...

Filhos do Catalão

Sandra Fayad em prosa e verso

Sandra Fayad nasceu em Catalão, Goiás, e mora em Brasília desde 1967, onde atua em atividades culturais da cidade. Poetisa brasileira, goiana, candanga e descendente de árabes, conta que os avós paternos eram de Safita, cidade do norte da Síria, sendo eles Abrahão André, que empresta seu nome a uma Escola do Catalão e Harmi, que era conhecida como Julieta. Os avós maternos eram de Kafaraka, aldeia da Província de Koura, no Líbano, Miguel Fayad, que morreu muito jovem assassinado em 1926 e Maria Fayad que morreu vítima de veneno de cobra cascavel.   Filha de Jorge André, que era conhecido por Jorge Batuta e Geni Fayad, a apaixonada por poesias, Sandra escreve em prosa e versos desde a adolescência. Em...

Projetos Culturais

Morrinho de São João por Ivan Corrêa

Morrinho de São João… (autor Ivan Corrêa). Catalão, Morro de São João, eternal morrinho da Saudade. Marca qualquer coração, que displicentemente o dono, em ti, puser o olho. É amor à primeira vista! Ocupas mais de mim do que sabe. Na tua noite tantas frases de amor foram ditas a moças enamoradas. Tantos já foram no teu alto para consertar o coração, desceram extasiados de beleza e sossego! Quando parto, furto tua imagem e levo comigo. Guardo no bolso de esconder preciosidades, levo na mente que guarda os amores. Quando te olho calado é do amor por ti que estou falando no olhar! Vives aí cravado, e andas em tantas partes; nos devaneios dos teus filhos que partiram. És de terra e fazes água nos olhos dos mais sensíveis. Não és apenas uma porção de terra e pedra, tens alma e admiração...