Categoria: Meu Catalão

Meu Catalão

Me permite te contar uma história? Por Fabryne Obalhe

Nunca comentei tão abertamente sobre… as pessoas mais próximas talvez sejam as únicas a terem ouvido diretamente da minha boca a verdade sobre uma feliz decisão que tomei e que mudou completamente a mim, à minha vida e por consequência a vida das pessoas com as quais convivo familiarmente. Desde os meus tempos ainda de faculdade, nos estágios ao longo do caminho acadêmico, me identifiquei com o telejornalismo. A TV me fascinou, abriu as portas pra mim e eu me rendi. Foram mais de dez anos entre programas em canal fechado e em emissoras de massa, duas delas importantes afiliadas da Globo em Minas e Goiás. Quando vim pra Catalão, cheguei com o propósito de dar continuidade à minha carreira...

Meu Catalão

A eleição Silvio Paschoal por Sylvim Netto

Em 1972 Silvio Paschoal e Haley Margon concorreram à Prefeitura de Catalão. Silvio Paschoal venceu. Durante campanha, os opositores de Silvio deram-lhe o apelido de Cavalo Branco. Na foto acima um eleitor exibe cartaz com o desenho de um cavalo com a inscrição: Cavalo da Arena. Arena era o partido pelo qual Silvio se elegeu - Aliança Renovadora Nacional. Esta foto foi tirada na Rua Juca Cândido, na esquina com a Praça Getúlio Vargas, ao lado da casa de Dr. Lamartine P. Avelar, que à época, salvo engano, era o presidente municipal da ARENA. Observem nos bloquetes as letras PH gravadas: são as iniciais de Paulo Hummel, o prefeito que deu início ao calçamento de bloquetes em Catalão. Sylvim Netto           BLOG DA MAYSA ABRÃO...

Meu Catalão

Figuras folclóricas e inesquecíveis de Catalão, Goiás

Quem nasceu e viveu em Catalão, Goiás, conheceu as grandes e ilustres figuras folclóricas e históricas que aqui viveram ou ainda vivem. Pelos seus 161 anos Catalão teve inúmeras pessoas com deficiências mentais e intelectuais, mas que estavam sempre presentes no cotidiano dos nossos moradores, tornando-se pessoas queridas por todos. Dentre eles, o Blog da Maysa Abrão selecionou:   FOTO: “Bastião mola faca” FOTO: O Gordo e o Magro   FOTO: Tõe Patota FOTO: "Boca de Jaú”

Meu Catalão

CHEIRO DE VITÓRIA NAS URNAS: REDES SOCIAIS DE ADIB ELIAS SÃO CINCO A SEIS VEZES MAIORES QUE AS DOS ADVERSÁRIOS E TÊM MAIS SEGUIDORES QUE TODOS OS DEMAIS CANDIDATOS A PREFEITO SOMADOS

Com a pandemia da Covid-19, redes sociais são o grande cartucho para quem é candidato e precisa fazer campanha para atrair os votos do eleitorado. Em Catalão, como não poderia deixar de ser diferente, os interessados no Palácio Pirapitinga também estão tentando divulgar os seus perfis e aumentar a penetração, mas não está sendo fácil. Com exceção de Adib Elias, que vai buscar a reeleição, os demais nomes Elder Galdino, Luciano Tampa, André Borges e Giovani Cortopassi são um fracasso em matéria de comunicação através das mídias online.   Perfeito ninguém é. Mas uma avaliação inicial coloca Adib Elias muito na frente de todos. Ele tem os perfis com maior número de seguidores, em alguns casos 5 a 6 vezes a...

Meu Catalão

BAR LOTADO EM CATALÃO REFORÇA DITADO DE QUE MUITOS SÓ DÃO VALOR QUANDO PERDEM AS PESSOAS QUE AMAM

Foto de bar lotado em Catalão na hora do jogo reforça a tese de que os maiores transmissores do coronavírus, são os jovens, e as maiores vitimas fatais, são seus pais e avós, pessoas inocentes que a esta hora se encontravam em suas casas dormindo. Recado aos jovens, tenham mais responsabilidade com seus idosos não esperem eles serem contaminados para depois agir, saia de casa só para trabalhar, não digo isso a todos, mas aqueles que tem pessoas em casa que são idosas, e preserve também sua saúde, este vírus tem feito vitimas jovens também, nunca se esqueça disto, amanhã pode ser você a estar ocupando uma UTI.   Foto: Thiago Blog Diante do Fato         BLOG...

Meu Catalão

Totalmente reconstruída, Praça Getúlio Vargas é entregue à comunidade catalana

Considerada um dos principais cartões postais de Catalão, a Praça Getúlio Vargas faz parte da história da cidade e de seus moradores. O espaço público que fica localizado na região central foi totalmente reconstruído pela Prefeitura e de “cara nova”, transformada, está pronta e já entregue pela atual administração à comunidade. Quem passa nas proximidades do centro de Catalão e Avenida 20 de Agosto, certamente já notou o quanto o local está mais bonito e valorizado. A Praça Getúlio Vargas passou por uma grande reestruturação. Além da troca do piso, troca dos bancos, pintura, reforma do coreto, reconstrução da fonte luminosa, jardinagem e urbanismo completos, construção de um monumento com relógio (torre), bem como recebeu outras benfeitorias. Tudo foi feito...

Meu Catalão

UMA SENHORA DE CASA NOVA, REENCONTRA O SENHOR DO TEMPO… POR Maysa Abrão

Já sou uma senhora bem vivida. Aprendi muito observando o progresso e a modernidade. Sinceramente, posso dizer que não sou bisbilhoteira, mas uma exímia observadora. Observo essa cidade, seus moradores e os forasteiros a invendáveis décadas. Mesmo quando da minha janela só conseguia ver pelas frestas os feixes de luzes entrarem anunciando os acontecimentos, estes nem sempre vinham acompanhados de boas notícias. Nossa, presenciei as brigas políticas entre Papo Roxo e Papo amarelo, as atrocidades contra Antero da Costa Carvalho. Vi o terror amedrontar a cidade com o matador Jacy a solta pelas ruas, mas também presenciei o glamour noturno da cidade, as comemorações alusivas ao centenário da cidade, a chegada dos bancos, lojas, armazéns... Nossa quanta coisa! É, sou...

Meu Catalão

Uma Partida de Futebol por Paulo Pazz

Em Catalão, dois marcos dividem espaço em primeiro lugar na memória: o Morro da Saudade e o estádio Genervino Evangelista da Fonseca, ou simplesmente campo do CRAC. Localizado na região central da cidade, o estádio foi, e ainda é, palco de disputas memoráveis de futebol, tanto amadoras quanto profissionais. Naquele domingo, eu, como sempre fazia, vesti uma bermuda, a camiseta azul e branca, peguei meu radinho e desci pela antiga rua Santa Cruz. No caminho, ia encontrando outros colegas e, quando nos aproximávamos do largo da Velha Matriz, já éramos algumas centenas de torcedores. Ao lado da bilheteria, a caminhonete de abacaxi e melancia do Divino carroceiro era o ponto mais disputado. Do lado de dentro do estádio, vendedores de espetinho,...

Meu Catalão

O BAILE por Paulo Pazz

Nos anos 80, Quem ia do bairro São José (rua do cemitério, popularmente apelidada) para o bairro Mãe de Deus, nas proximidades do Colégio Estadual João Netto de Campos, e vice-versa, forçosamente descia até próximo ao estádio do CRAC (Clube Recreativo e Atlético Catalano) e depois subia pela "Rua do Estadual", ou atravessava o pequeno cerrado espremido entre a vintena de casas, escolhendo um dos inúmeros trieiros feitos pelas idas e vindas das pessoas de um bairro a outro. Normalmente, esse trajeto só era feito durante o dia, visto que no percurso existia o único cemitério de Catalão... E as estórias de assombração eram muitas. Eu morava na "Rua do Cemitério". Era, na época, um preto robusto, no alto de meus...