Categoria: Remexendo no baú das recordações catalanas

Remexendo no baú das recordações catalanas

Nicolau Abrão por Nair Abrão de Castro (Nazirinha)

Nicolau Abrão nasceu em Safita, Síria, no dia 15 de novembro de 1909; filho de Ibrahim Dayoub e Marta Dayoub. Viveu sua infância entre Safita e Tarture, que era uma cidade a beira mar, onde viveu com seus tios e aprendeu a nadar feito um peixe (gabava-se ele). Já rapaz com 17 anos sua família recebeu carta de seu primo David, que morava em Vianópolis-GO, dizendo que havia feito fortuna e que a América era o paraíso. Nicolau começou a sonhar e a se entusiasmar, pois era nômade por natureza e, também muito sonhador. Quis vir para a América. Sua tia Miriam, que morava na Argentina, irmã de seu pai conseguiu arrumar seu passaporte. Seu pai arranjou cinco libras esterlinas...

Remexendo no baú das recordações catalanas

Jamil Sebba – Uma existência dedicada à vida

Uma vida inteira dedicada à preservação do bem mais importante para todo ser vivo: a própria vida. Essa é a melhor definição para a trajetória pessoal e profissional do doutor Jamil Sebba, que há exatamente cinquenta anos, em início de 1938, começou a exercer em Catalão a profissão para a qual recém-havia se formado. Um dos fundadores e ainda hoje integrante ocasional do corpo clínico do Hospital Nasr Fayad, um dos mais modernos do Estado, ele teve que enfrentar no início de sua carreira a precariedade de meios comum no interior brasileiro, na época, com a fibra e a dedicação de quem resolvera encarar ao pé da letra o lema de que a Medicina é um sacerdócio. O doutor Jamil...

Remexendo no baú das recordações catalanas

Wagner Estelita Campos – Um legado! Por João Enéas Bretas e Jamil Sebba

Faleceu no dia 13 de setembro passado em Brasília, um dos filhos mais ilustres do Catalão, "Wagner Estelita Campos". Se quando uma mãe perde um filho, e por ele pranteia durante sua vida, também Catalão deverá para sempre tão grande perda. Foi sem dúvida uma perda irreparável. No entanto, não foi isso que se viu. Parece que enciumados em ter de mostrar para seus conterrâneos que já houve no passado alguém que tanto trabalhou por sua terra natal, as autoridades locais deixaram passar em brancas nuvens, tão triste acontecimento. Somos dos que acham que deveriam as autoridades locais, se dirigirem até Brasília, e de lá, trazerem para nossa terra o Corpo deste ilustre catalano, e que aqui, se prestasse, a êle,...

Remexendo no baú das recordações catalanas

Autor de Escrava Isaura foi Delegado em Catalão

Tendo chegado a Catalão em 1852, Bernardo Guimarães o autor de Escrava Isaura, retornou ao Rio de Janeiro em 1854 voltando posteriormente, sendo empossado no dia 10 de maio de 1861 como o terceiro Juiz de direito de Catalão. Por forças das circunstâncias, Bernardo Guimarães exerceu também o cargo de Delegado Municipal. Segundo Cornélio Ramos, assim que tomou posse no cargo de Juiz de Direito, "revoltado ante o desumano tratamento dado aos presidiários, não hesitou em convocar um "Juri Sumário", libertando a seguir todos os presos" um fato que lhe causaria posteriormente um sério conflito com os seus superiores, mas que foi contornado, com o autor de Escrava Isaura tendo atuado como seu próprio advogado de defesa. 

Remexendo no baú das recordações catalanas

Cornélio Ramos – Uma vida dedicada à cultura

Cornélio Ramos nasceu no dia 29 de setembro de 1910, no vilarejo de São Jerônimo dos Poções (MG). Mudou-se ainda criança para a cidade de Patrocínio (MG). Começou a estudar em sua terra natal, prosseguiu na cidade de São Gotardo (MG), concluindo no Ginásio D. Lustosa em Patrocínio.  Depois de prestar serviço militar e receber sua caderneta de reservista submeteu-se a concurso no Ministério da Aviação em 1929, para ser admitido como funcionário da Estrada de Ferro Oeste de Minas, estrada que passou a fazer parte da Rede...

Congadas Catalão

Romaria do Rosário e Folclore Catalano por Cornélio Ramos

"Festa do Rosário" em Catalão é um acontecimento histórico, com profundas raízes no passado, envolvendo várias gerações de importantes famílias, ligadas por uma ou outra forma ao desdobramento desta tradicional romaria; esperada sempre com ansiedade por todos os catalanos, da cidade, do município e que residem em outras localidades. Já que falamos em "Festa do Rosário", é bom que se diga algo sobre sua origem, sua implantação em nossa cidade, quem foi o pioneiro e por que isso aconteceu. Em minhas obstinadas pesquisas, empenhado em conhecer a fundo nossa história, esbarrei várias vezes em fatos curiosos que me foram narrados por cidadãos nascidos no fim do século passado e outros no princípio deste; alguns já falecidos como os senhores Aguiar de...

Remexendo no baú das recordações catalanas

Da força das carabinas ao poder do voto

Fruto do isolamento em que se debateu Goiás até a primeira metade deste século, a violência foi uma marca registrada da politica do Estado durante todo esse período. Catalão, no entanto, devido ao caráter singularmente cruento de suas disputas politicas e um pouco também injustamente, como reclamam seus moradores mais antigos, tornou-se no folclore politico do Estado uma espécie de símbolo dessa violência que , a bem da verdade, não é uma exclusividade sua. O escritor Cornélio Ramos, em seu livro Catalão de Ontem e de Hoje (ao qual recorremos no decorrer dessa matéria às vezes sem dar-lhe o merecido crédito das citações), lembra que a cidade “nasceu sob o signo da violência!... Clima aterrorizador que duraria mais de dois...

Remexendo no baú das recordações catalanas

Lembranças catalanas – Kalil Abrão e Fátima Abrão

Post feito por Anice Mikhail em sua página pessoal do Facebook em 19 de novembro de 2018.  Anice Mikhail está com Kalil Kalil Abrao e ‎امطانيوس ديوب‎. Encontrei esta linda foto no facebook do meu novo amigo e primo Tony Khneiger. Tio Antônio com os primos Kalil Kalil Abrao e Fátima. Amo vocês!!! ❤️❤️❤️  

Remexendo no baú das recordações catalanas

Lembranças catalanas – Antônio e Miguel Dayoub

Post feito por Anice Mikhail em sua página pessoal do Facebook em 18 de novembro de 2018.  Anice Mikhail está  se sentindo saudosa com ‎امطانيوس ديوب‎. Meu querido tio Antônio que morou 10 anos aqui no Brasil conosco e atualmente mora na Syria, e meu saudoso pai, meu anjo Miguel, que está em outro plano espiritual mas sempre viverá em nossos corações. ❤️❤️  

Remexendo no baú das recordações catalanas

Lembranças catalanas – Família Mikhail Dayoub

Post feito por Anice Mikhail em sua página pessoal do Facebook em 12 de agosto de 2018.  Anice Mikhail - Querido paizinho lindo, meu anjo Miguel, minha fortaleza, meu herói valente, determinado, sábio, honrado e muito dedicado. Já se passaram 9 anos, mas até hoje meu olhar procura o senhor todas as vezes que chego na rodoviária de Catalão na esperança de receber aquele abraço protetor. Hoje é Dia dos Pais, gostaria muito de poder abraçá-lo novamente e dizer te amo muito papai. Sempre que peço a Deus pelo senhor sinto que está bem, descansando em paz. Muito obrigada por tudo papai!!!!! Amor eterno..... Gratidão eterna........
  • 1
  • 2